Anti-Doping  

Este tema já não é novo para ninguém, especialmente para os atletas mas também para a generalidade das pessoas. Os casos de doping também já não são novidade para ninguém, todos nós conhecemos os casos LA-MSS, Liberty Seguros, voltas a portugal de juniores e cadetes, atletas de pro-tour e todas as outras modalidades incluindo algumas modalidades Olímpicas, palco por excelência do confronto entre as nações.
É pena que alguns optem pela via do mais fácil para atingirem os seus objectivos, em quanto outros passam horas em cima da bicicleta ao frio, ao calor a chuva, outros na pista a tentar bater o seu próprio tempo ou na piscina a tentar eliminar uma décima de segundo, outros continuam a fazer os seus treinos mas aquilo que lhes falta não o conseguem com o seu próprio esforço, mas sim com a ajuda do médico que lhes dá o tal "power" que falta para atingirem os seus objectivos.
Felizmente que o desenvolvimento da medicina desportiva actuou em dois campos distintos, por um lado permitiu aos atletas evoluirem o seu método de treino de forma a obterem a melhor performance e tirar o maior rendimento possível do treino através de suplementos legais compensando a energia que se perde durante o treino e que não se consegue repor só com a alimentação, por outro lado controla com cada vez maior rigor os que procuram a via do mais fácil, o doping. Talvez seja graças a estes avanços na medicina que temos conhecimento nos últimos tempos de tantos casos de doping e antes não eram tão conhecidos, porque a investigação ciêntifica, dado o seu estado de desenvolvimento, não encontrava respostas para identificar o uso de substâncias ilícitas beneficiando uma das partes, a via do fácil.
Como atleta optarei sempre pela verdade desportiva e o trabalho arduo para atingir todos os meus objectivos e com este site e este artigo prentendo ajudar os que pensam como eu a lutar pela verdade desportiva, tanto no ciclismo como em todas as outras modalidades. Existe já um manifesto pela ética desportiva desenvolvido pela Associação de Ciclismo do Minho e a Federação Portuguesa de Cicilismo para ajudar no combate ao doping. Aqui fica o link para todos os que visitarem, este pequeno artigo, caso concordem com este movimento anti-doping poderem deixar o seu contributo- http://www.acm.pt/noticias.php?id=1026 .
 
Substâncias e métodos proibidos- http://www.idesporto.pt/Docs/SubstanciasMetodosProibidosv2010.pdf

Texto: Mário Ramos